Estive de férias por terras americanas mas meu o amor pela Disney é mais forte do que eu e precisei de vir aqui escrever-vos sobre “Ralph vs Internet”.

Nunca pensei dizer isto sobre uma sequela, seja de que filme for, mas… é melhor que o original.

Nem de férias largo este filmes!

Neste momento escrevo-vos de Key West, na Florida e sim, abandonei as minhas amigas, meti-me no carro e fui ao cinema. Porque… Disney, né?!

Se, como eu, não perdem uma produção da malta talentosa da Disney, então viram com certeza o “Wreck-it Ralph” ou, em português, “Força Ralph”.

Se andam a falhar e não viram o primeiro filme (então não se digam fãs da Disney!!), aqui a amiga ajuda com aquele belo resumo:

Ralph é um vilão de um videojogo que está farto de ser o mau da fita e decide saltitar pelos jogos todos de arcada que o rodeiam e provar que é incrivelmente espetacular.

Acaba por conhecer Vanellope (uma menina micro e super cute que adora adrenalina) e juntos vivem mil e uma aventuras e acabam por salvar o mundo dos jogos de uma terrível ameaça.

Muito resumidamente é esta a premissa do “Força Ralph”… mas meus lindinhos… está aí a sequela e está incrível!

A Vanellope está de volta nas “Ralph vs Internet” e eu agradeço.

Desta vez quem está a viver uma crise existencial é Vanellope e isso temos de agradecer à Disney.

Obrigada.

Obrigada por trazerem de volta este pedaço de cuteness e por lhe terem dado um super protagonismo neste “Ralph vs Internet”.

E o que se passa nesta sequela?

Em “Ralph vs Internet” o jogo de Vanellope está ameaçado, está a ficar lento e falta-lhe uma peça fundamental para que continue a funcionar e para que não seja desligado para sempre. É preciso um novo volante para resolver o problema.

Essa peça, só pode ser encontrada na internet e é assim que começa esta aventura.

Vanellope é tão fofa que só me apetece levá-la para casa

Vanellope é uma viciada em adrenalina e claro que para contrastar com este lado meio wild, é super pequenina, tem a voz mais fofa de sempre e é mega cute.

Mas é danada de todo e adora uma boa aventura.

Para chegarem até à peça que irá fazer com que Vanellope continue a viver dentro do seu jogo, o “Sugar Rush”, Ralph e a amiga partem internet fora e entram num mundo que bem conhecemos.

Todos nós vivemos dentro da internet e dependemos dela para tudo.

Vá, ok, uns mais que outros, mas quem é que não “googla” por aí? Ver um caminho no mapa, uma mensagem de texto, uma videochamada, uma compra online, uma pesquisa rápida para ver quem é o homem mais sexy do ano…? Não? Claro que sim, não mintam.

O facto de todos vivermos tão dentro da internet torna este filme ainda mais fixe.

Os protagonistas ficam, obviamente, maravilhados com o que os rodeia. Quem nunca?! Tudo é novo, tudo é ultra tecnológico, rápido e emocionante.

E, bem à maneira da Disney, engraçado por demais.

Ralph e Vanellope têm de conviver com pop-ups (sim, são tão insistentes como na “vida real”), lidar com algoritmos, fazer compras online e viver com o stress de produzir algo viral.

É tão, mas tão bem feito que me faz imaginar onde é que estes filmes vão parar.

Como é possível superarem-se a cada filme que produzem?

A atenção ao detalhe é extraordinária, o humor está sempre presente, as cores, o movimento e claro, sempre uma liçãozinha de vida no final.

No caso de “Ralph vs Internet”, saímos com vontade de ligar a alguém e celebrar a amizade.

Ralph e Vanellope estão unidos por uma forte amizade mas este mundo da internet apresenta à pequena e fofíssima amiga de Ralph, todo um novo mundo cheio de adrenalina e aventuras por viver.

E ela sente-se tentada a lá ficar, tendo assim de deixar o seu melhor amigo para trás.

Ralph e Vanellope não estão sozinhos.

Quando Vanellope e Ralph conhecem Shank, a protagonista do jogo “Slaughter Race”, e os horizontes de Vanellope se abrem, tudo fica em risco.

Swank é, aqui entre nós, uma super gatinha altamente cool que protagoniza um jogo de carros como o de Vanellope mas ligeiramente… como dizer… em esteróides. E a pequenina, encanta-se por completo.

Em “Ralph vs Internet”, os protagonistas encontram de tudo e é muito engraçado reconhecermos cada cantinho que visitam e percebermos que é naquele mundo que todos já vivemos.

A importância dos likes está presente, os sites de vídeos (em “Ralph vs Internet 2 o mais popular é o BuzzZTube) definem a tua popularidade e podem fazer-te ganhar dinheiro, há vírus, ameaças e coisas perfeitamente fascinantes.

A minha parte favorita? As princesas da Disney.

Não vos quero “spoilar” o momento em que Vanellope conhece as princesas da Disney mas só vos digo isto: desmancha todos os estereótipos criados, a Disney brinca com as próprias histórias criadas para estas princesas, e é bom demais! Ri muito, mesmo.

Bom, agora que já sabem ao que vão, e que vale a pena irem ao cinema, vamos a personagens.

Ralph

É o protagonista do filme. Continua a ser o mesmo mauzão de coração gigante de sempre.

Ralph é bonzinho e abrutalhado e faz tudo pela amizade.

Decide ajudar Vanellope a encontrar a peça que irá salvar o seu jogo e, para tal, tem de mergulhar no mundo da internet.

Nem sempre toma as decisões mais acertadas mas todas elas vêm de um lado bom.

Quer a todo o custo que a sua melhor amiga continue a viver com toda a adrenalina no jogo “Sugar Race” e arrisca tudo para a ajudar a salvá-lo.

Quem lhe dá voz é John C. Reilly e é impossível não sairmos do cinema a querer um amigo como ele.

Vanellope

Já vos disse que é a miúda mais cute de sempre? Já, não já?! Mas repito… ela é tãããooo cuteeeee!

É engraçada, meia “torcida” de feitio, tem resposta na ponta da língua para tudo e adora um bom desafio.

É uma das melhores corredoras de “Sugar Race” mas está a ficar farta do jogo pois está a tornar-se previsível e pouco desafiante.

Vanellope sonha alto, quer mais e mais, e corre atrás da adrenalina e da aventura.

Quando o seu jogo se avaria tem uma crise existencial e começa a questionar quem é e o que quer fazer da vida.

Precisa rapidamente de encontrar a peça que o fará voltar à vida (um volante todo xpto) e aventura-se ao lado de Ralph pela internet fora.

É fofinha, tem graça, e como diria a minha avó, “é uma pespineta” de língua afiada!

Sarah Silverman dá-lhe voz e que boa escolha que é, encaixa perfeitamente nesta miúda fixe com grande sonhos.

Yesss

Neste Ralph vs Internet, Yesss é uma espécie de “Anna Wintour meets Bill Gates”.

Não faz sentido? Eu explico.

Yesss é a chefona máxima do BuzzzTube, basicamente é o algoritmo de um site de vídeos que define o que está na moda.

É ela que partilha com o mundo o que de bom anda por aí, é ela que dita o que é cool, o que já passou de moda, o que deve ou não ser visto na internet.

Se estivermos com atenção reparamos que está sempre a mudar de roupa e de corte de cabelo, porque se a moda muda, Yesss já lá está antes de toda a gente.

Yesss acaba por ajudar Ralph e Vanellope quando estes compram no eBay, sem perceber bem como, o volante que precisam para o jogo de Vanellope por um preço exorbitante.

É ela que personifica a constante evolução da internet e a rapidez com que tudo mexe e muda neste mundo sem fim.

Taraji P. Henson é a actriz que lhe dá voz e consigo traz toda a “sassiness” que esta personagem precisa.

Mais uma vez, bom casting Disney, bom casting.

ConheceMais ou KnowsMore

É uma espécie de mini professor que tem resposta para tudo.

Lembram-se daquele clip que aparecia no Word a toda a hora a dar-nos dicas para tudo e mais um par de botas, sem nunca ter sido chamado? E que nos dava as respostas, as dicas e que, “tadito”, às vezes era um bocadinho demais?

Basicamente ConheceMais é isso.

É ele que indica a Ralph e a Vanellope onde podem encontrar o eBay, aquele local mágico que tudo vende.

Quer tanto ajudar e dar resposta a tudo que está constantemente a interromper toda a gente e chega a parecer super cusco. Não é por mal que o faz e isso dá-lhe muita graça!

Alan Tudyk é quem lhe dá voz na versão original.

 

Félix e Calhoun

Continuam a ser o par mais improvável do mundo virtual de Litwak, ela super durona e ele um constante entusiasta de sorriso fácil.

Em “Ralph vs Internet” decidem começar uma família e acham que a melhor ideia é adoptar 15 adolescentes de uma só vez. Genial.

As personagens são boas mas o que realmente as faz ser brilhantes é o facto de termos a genial Jane Lynch e o incrível Jack McBrayer a dar-lhes vida.

O elenco é de luxo

À boa maneira da Disney o elenco é o complemento perfeito para um argumento já de si genial.

Em “Ralph vs Internet”, a prova está mais uma vez dada.

Para além de todos os nomes que já vos dei, contamos também com a presença de Gal Gadot (dá voz à giraça Shank), Ed O’Neill, Ali Wong e, para ser sincera, mais uma data deles. Não saía daqui hoje se enumerasse todas as vozes que vamos reconhecendo ao longo do filme.

Podemos começar uma petição para eu me juntar a eles? Sim? Por favor?! Tipo, já?! Argh, que sonho.

Vale a pena? A Disney vale sempre.

“Ah, Maria, mas vale a pena ir ao cinema ver o Ralph vs Internet?”

Se fosse apologista da violência já vos estava a ameaçar de pancada. Claro que vale a pena! Há algum filme de animação da Disney que não tenha valido a ida ao cinema?

Só assim de repente posso dizer-vos que neste momento o “Ralph vs Internet” é o filme #1 nos cinemas nos Estados Unidos.

Está a rebentar com tudo. E depois de o ver é tão, mas tão fácil perceber porquê.

É incrivelmente bem escrito? Sim.

Ficamos automaticamente fascinados com este mundo da internet pelos olhos brilhantes da malta que escreve estas maravilhas do cinema? Sem dúvida.

Tem um tema lindinho dos Imagine Dragons chamado “Zero” que fica na cabeça e que iremos para sempre associar a este filme? Yazzzz!

Não se façam de esquisitinhos, agarrem em vocês (e nos miúdos se os tiverem) e vão até ao cinema.

Em “Ralph vs Internet” a Disney dá-nos mais uma liçãozinha e mostra-nos que a amizade vence sempre, e, só por isso, já vale!

O filme estreou em Portugal no dia 29 de Novembro (5ª feira) em versão dobrada e na versão original – e já está nos cinemas!

Não percam, é mesmo muito bom!

Deixo-vos o trailer para vos deixar em pulgas! 🙂

 

Se querem mais dicas de filmes da Disney que gostei, cliquem aqui e leiam sobre “O Quebra Nozes e os Quatros Reinos”!

Peace out, Kidz.

MBM

 

 

Direitos de imagem:© Disney